Mila Meira
            Para quem não conhece, essa é a flor gérbera. Essa tela foi pintada por mim no inicio do ano.
           Como eu não tenho nenhuma gérbera em meu jardim eu fiz uma pesquisa nas imagens do google e achei elas lindas, resolvi então fazer a tela baseada na foto que encontrei.
           Ai está o resultado. Espero que tenham gostado!!!



                   Algumas características dessa bela flor:

Família: Compostas.
Origem: África do Sul.
Porte: Herbácea que atinge cerca de 40 cm de altura.
Floração: Floresce o ano todo, mas o auge da floração se dá no fim do inverno e início da primavera.
Luminosidade: Sol pleno.
Uso paisagístico: Pode ser usada em canteiros, como bordadura e até como forração, graças ao seu porte que não chega a ultrapassar 40 cm.
Origem: Esta flor foi batizada com o nome de gérbera em homenagem ao naturalista alemão Traug Gerber, que a descobriu na província do Transval, na África do Sul. Aliás, muita gente ainda a conhece como “margarida-do-Transval".
Parente próxima da margarida, a gérbera ficou bem conhecida no Brasil como flor de corte, usada principalmente na composição de arranjos florais. Não é para menos - a oferta de cores é tanta, que oferece um farto material para os artistas florais. Do branco ao vermelho intenso, as gérberas apresentam-se em cerca de 20 tonalidades diferentes, passando por tons amarelos e alaranjados. Os paisagistas também conhecem suas virtudes e estão aplicando a versatilidade desta planta para dar colorido aos jardins. O cultivo da gérbera não é muito complicado, mas é preciso ficar atento aos ataques de lagartas e ácaros.

Caracteristicas retiradas do site: http://www.jardimdeflores.com.br/




1 Response
  1. enmimirar Says:

    Adoro gérberas, são lindas.


Postar um comentário

Olá foi ótimo receber sua visita!
Deixe um comentário, vou amar ler!
Beijão!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...